André Hencleeday

Sons longos, cada um seguido por uma pausa, durante um grande período de tempo, de performance.
Um exercício sobre a tentativa de eliminação do performer, da narrativa. Um estudo sobre a forma e o profundo desafio sobre possíveis significados do silêncio e de contingência – contenção.

André Hencleeday é um performer e compositor sediado em Lisboa. Concluiu o curso de Piano no Conservatório Nacional de Lisboa e mais tarde a Licenciatura em Composição na Escola Superior de Música de Lisboa. Actua e grava regularmente com ensembles no domínio da música improvisada, trabalhando regularmente com Ernesto Rodrigues. Foi assistente de Miguel Azguime no O’Culto da Ajuda. No contexto da exposição Desenho Sem Fim, do escultor Rui Chafes, realizou um concerto de encerramento com o projecto que divide com Pedro Coragem, projecto de nome Candura. Mais recentemente, estreouse como solista na peça Inferno de Nuno da Rocha, com o Coro e Orquestra Gulbenkian na Fundação Calouste Gulbenkian.

Créditos fotografia: Pedro Roque

265 236 168 • rececao.casacultura@mun-setubal.pt

Dentro de Casa Seguinte

Dentro de Casa Anterior

© 2021 Casa da Cultura, Setúbal