“LUGARES E NÃO-LUGARES”

Exposição de Joanna Latka


Foi mote da inspiração das ilustrações que Joanna Latka criou para o último número da Revista Atlântida, que também foi escolhido como mote desta exposição para partir, pois, das palavras de Marc Augé, quando diz que “Se um lugar se pode definir como identitário, relacional e histórico, um espaço que não pode definir-se nem como identitário, nem como relacional, nem como histórico definirá um não-lugar”* para um desafio: pensar o tempo, o espaço, o excesso, o ego, a identidade. Ou, se se preferir, está o ser humano “condenado” à sua “ilha”?

A exposição abre dia 6, sexta-feira, às 19 horas, e mantém-se na Casa durante o mês de Agosto.

© 2021 Casa da Cultura, Setúbal